Make your own free website on Tripod.com
Resenhas da demo "Chora"

Fanzine Automatic (Abril/99)

      Eis aqui um caso de ineditismo, um septeto carioca que toca (e bem) um ska com intermezzos de hardcore (ou o inverso...). Até aí nada de novo, o elemento inusitado são as letras de um romantismo exacerbado, absurdamente permeado por histórias de amores desfeitos, tristeza e solidão, tudo estranhamente combinado com o clima tipicamente ensolarado/acelerado já tão inerente ao ska. Destaque absoluto para o pequeno clássico "Quem Sabe" (com um ameaçador início) e a imperdível/pulsante releitura de "Pierrot", porém as outras - "Deus e o Diabo", "Tão Sozinho" e "Primavera" - não ficam devendo em nada. Um CD inteiro, urgente!!